Melasma

Entenda a mancha de pele que atinge principalmente as mulheres

O melasma ou cloasma é um tipo de mancha na pele do rosto. Embora possa ocorrer nos homens, é muito mais frequente nas mulheres, não ocorrendo na infância.

Lisa, plana, com formato e extensão e intensidade variáveis, trata-se de uma mancha sempre hipercrômica, ou seja, escura, devido ao aumento de melanina, o pigmento que dá cor à pele.

Causa
Apesar da causa não ser totalmente estabelecida, é fundamental a correlação com a luz solar no seu desencadeamento e agravamento. Também é importante o fator hormonal, daí ser bastante comum na gestação ou com uso dos anticoncepcionais.

O melasma é uma patologia dermatológica individualizada, não devendo ser confundido com outros tipos de manchas escuras, inclusive algumas também relacionadas com o sol.

Sua tonalidade pode ser menos ou mais escura e, embora de extensões variáveis, predomina nas bochechas, no nariz, buço e área central da fronte.

Pode ser mais superficial ou mais profundo, o que não muda o seu aspecto. Porém, influi no tratamento, ou seja, quanto mais profundo mais difícil de ser eliminado.

melasma

Tratamento
A base do tratamento do melasma são medicamentos de uso local. Aí reside outra questão importante, pois o tratamento é por indicação médica, não devendo se recorrer às profissionais não médicos ou uso de produtos de linha cosmética, que terão pequena ou nenhuma eficácia.

Embora existam diversos tipos de medicamentos, muitas vezes se atinge uma melhora considerável, mas nem sempre chegando à remoção total.

Não existem formas de prevenção absoluta ao melasma, mas o uso frequente do filtro solar adequado é fator de alta importância.
Fonte:
Dr. Ruy Duarte de Almeida
Chefe do Serviço de Dermatologia do HAC
CRM – SP 32524

 

 

Voltar

Saiba mais: